Semana passada comemoramos no Brasil o Dia da Consciência Negra, lembrando de Zumbi dos Palmares. Cá no Porta Curtas, sempre que você precisar ouvir um grito guerreiro de revolta contra o preconceito racial, ouça a voz de Dorival.

Todo homem tem seu limite, e Dorival resolve enfrentar a tudo e a todos para conseguir o que quer. A história da luta desigual de um homem contra um sistema sem lógica e sem humanidade.

Gênero Ficção

Diretor Jorge Furtado, José Pedro Goulart

Elenco João Acaiabe, Pedro Santos, Zé Adão Barbosa

Ano 1986

Duração 14 min

Cor Colorido

Bitola 35mm

País Brasil

Ficha Técnica

Produção Henrique F. Lima, Gisele Hilt Fotografia Christian Lessage Roteiro Ana Luiza Azevedo, Jorge Furtado, Giba Assis Brasil, José P. Goulart Edição Giba Assis Brasil Direção de Arte Fiapo Barth, Lordsir Peninha Trilha original Augusto Licks

Prêmios

Melhor Ator no Festival de Gramado 1986
Melhor Curta no Festival de Gramado 1986
Melhor Filme – Crítica no Festival de Gramado 1986
Melhor Filme – Júri Popular no Festival de Gramado 1986
Melhor Curta no Festival de Havana 1986
Melhor Filme no Festival de Huelva 1986
Melhor Filme – Crítica no Festival de Huelva 1986

Festivais

Sundance Film Festival 1991

Informações e imagens fornecidas pelos produtores e cedidas pela Kinoforum

Fonte: Porta Curtas Petrobrás


Este artigo pertence ao Portal Capoeira do Rio.
Todos os direitos reservados.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here